title

Fraternidade em Ação

Rádio Sagres 730

0
Followers
0
Plays
Fraternidade em Ação
Fraternidade em Ação

Fraternidade em Ação

Rádio Sagres 730

0
Followers
0
Plays
OVERVIEWEPISODESYOU MAY ALSO LIKE

Details

About Us

O “Fraternidade em Ação – Navegando em Tom Maior” é uma produção realizada pelo “Centro Espírita Caridade é o Caminho” que leva você a vibrar pelas ondas do bem. Todo domingo, a partir das 9h, na Rádio Sagres 730, de Goiânia, você acompanha uma edição inédita.Ficha Técnica:Apresentação:Sebastião RibeiroDjalma FreitasJonatas ProcópioTrabalhos Técnicos:Roberval SilvaRealização:Rádio Sagres 730

Latest Episodes

#75: Quem é a Criança?

Quem é a Criança? Qual melhor forma de educarmos as crianças pelo exemplo ou pelo estudo? Qual o trabalho do evangelizador junto a criança? Qual a importância da criança na evolução do planeta? Crianças Livro Fonte Viva Pelo Espírito Emmanuel Médium Francisco Cândido Xavier . Capítulo 157. "Vede, não desprezeis alguns destes pequeninos..." Jesus (Mateus, 18:10) Quando Jesus nos recomendou não desprezar os pequeninos, esperava de nós não somente medidas providenciais alusivas ao pão e à vestimenta. Não basta alimentar minúsculas bocas famintas ou agasalhar corpinhos enregelados. É imprescindível o abrigo moral que assegure ao espírito renascente o clima de trabalho necessário à sua sublimação. Muitos pais garantem o conforto material dos filhinhos, mas lhes relegam a alma a lamentável abandono. A .vadiagem na rua fabrica delinqüentes que acabam situados no cárcere ou no hospício, mas o relaxamento espiritual no reduto doméstico gera demônios sociais de perversidade e loucura que em muitas ocasiões, amparados pelo dinheiro ou pelos postos de evidência, atravessam largas faixas do século, espalhando miséria e sofrimento, sombra e ruína, com deplorável impunidade à frente da justiça terrestre. Não desprezes, pois, a criança, entregando-a aos impulsos da natureza animalizada. Recorda que todos nos achamos em processo de educação e reeducação, diante do Divino Mestre. O prato de refeição é importante no desenvolvimento da criatura, todavia, não podemos esquecer "que nem só de pão vive o homem". Lembremo-nos da nutrição espiritual dos meninos, através de nossas atitudes e exemplos, avisos e correções, em tempo oportuno, de vez que desamparar moralmente a criança, nas tarefas de hoje, será condená-la ao menosprezo de si mesma, nos serviços de que se responsabilizará amanhã. A Criança Espírito Batuíra Médium Francisco Cândido Xavier da obra Despertador - Junho/Julho de 1976. Se nos propomos a edificar o futuro com o Cristo de Deus é necessário auxiliar a criança. Se desejamos solucionar os problemas do mundo, de maneira definitiva, é indispensável ajudar a criança. Se buscamos sustentar a dignidade humana, abolindo a perturbação e imunizando o povo contra as calamidades da delinqüência, é preciso proteger a criança. Se anelamos a construção da Era Nova, na qual as criaturas entrelacem as mãos na verdadeira fraternidade, em bases de serviço e sublimação espiritual, é imprescindível socorrer a criança. Entretanto, convenhamos que os grandes malfeitores da Terra, os fazedores de guerras e os verdugos das nações, via-de-regra foram crianças primorosamente resguardadas contra quaisquer provações na infância. E ainda hoje os jovens transviados habitualmente procedem de climas domésticos em que a abastança material não lhes proporcionou ensejo a qualquer disciplina pelo conforto excessivo. Urge, pois, não amparar a criança, mas educar a criança e induzi-la ao esforço de construção do Mundo Melhor. FICHA TÉCNICA Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

59 MIN4 days ago
Comments
#75: Quem é a Criança?

#74: Allan Kardec

Allan Kardec Nascido em Lyon, a 3 de outubro de 1804, de uma família antiga que se distinguiu na magistratura e na advocacia, Allan Kardec (Hippolyte Léon Denizard Rivail) não seguiu essas carreiras. Desde a primeira juventude, sentiu-se inclinado ao estudo das ciências e da filosofia.

63 MIN1 weeks ago
Comments
#74: Allan Kardec

#73: Campanha Camilo Castelo Branco

Setembro Amarelo Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. É uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque internacionalmente o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.[1] Dados sobre o suicídio No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer.[1] Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade.[4] A OMS também afirma que o suicídio tem prevenção em 90 % dos casos. Um estudo brasileiro afirma que 97% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais, diagnosticados ou não, tratados incorretamente ou não tratados de maneira alguma.[5] Origem da cor amarela Segundo a Associação Catarinense de Psiquiatria, a cor da campanha foi adotada por causa da história que a inspirou. "Em 1994, um jovem americano de apenas 17 anos, chamado Mike Emme, tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Seus amigos e familiares distribuíram no funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem enfrentando o mesmo desespero de Mike, e a mensagem foi se espelhando mundo afora."[6] O carro era um Mustang 68, restaurado e pintado pelo próprio Mike. Os pais de Mike, Dale Emme e Darlene Emme, iniciaram a campanha do programa de prevenção do suicídio "fita amarela", ou "yellow ribbon, em inglês.[7] Alguns mitos sobre o suicídio Segundo o psicólogo paulista Yuri Busin:[9] • “As pessoas, que, ameaçam se matar, estão apenas querendo chamar a atenção”. Falso, pois a pessoa pode sim estar passando por um período difícil de sua vida e estar solicitando ajuda. Toda e qualquer ameaça a de suicídio deve ser levada a sério. • “O suicídio acontece sem aviso”. Falso. Apesar de muitos pensarem ser um ato impulsivo, isso nem sempre é verdade. Muitas pessoas pensam em suicídio constantemente. Além disso, muitos suicidas comunicam seu sofrimento diariamente a outras pessoas. • “O suicídio só acontece com os outros.” Falso. O suicídio pode ocorrer com quaisquer pessoas que estejam em um alto grau de sofrimento. Aqui vale lembrar que o sofrimento independe de dinheiro, classe social, etc… • “Uma pessoa que tentou cometer suicídio uma vez, não voltará a tentar.” Falso. Na verdade, as tentativas de suicídio são um um indicador de que o suicídio pode realmente ocorrer.

62 MIN2 weeks ago
Comments
#73: Campanha Camilo Castelo Branco

#72: Conheça o Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS)

Conheça o Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS) O Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS) é um evento espírita que proporciona aos seus participantes a troca de experiências, estudo da Doutrina Espírita e trabalho no campo do bem. Este evento ocorre geralmente nos fins de semana e é realizado por várias Casas Espíritas espalhadas pelo Brasil. Por que participar O Encontro Fraterno Auta de Souza é uma excelente oportunidade para formação de trabalhadores para a Casa Espírita. Os cursos são teóricos e práticos e abordam o dia a dia do Centro Espírita. Formação e implantação de trabalhos - Mocidade - Escola Espírita - Divulgação Espírita - Tratamento Espiritual - Reunião Pública - Posto de Assistência - Evangelização Infantil - Desenvolvimento Mediúnico - Campanha de Esclarecimento - Chico Xavier - Campanha de Fraternidade Auta de Souza - Cursos na Casa Espírita - Reforma Íntima - Comunicação Social 1106 participantes 75 instituições 45 cidades 2 pa...

60 MIN3 weeks ago
Comments
#72: Conheça o Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS)

#71: Chico Xavier

Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier (Pedro Leopoldo, 2 de abril de 1910 — Uberaba, 30 de junho de 2002), foi um médium, filantropo e um dos mais importantes expoentes do Espiritismo. Primeira infância Nascido no seio de uma família humilde, era filho de João Cândido Xavier, um modesto vendedor de bilhetes de loteria, e de Maria João de Deus, uma dona de casa católica e piedosa. Segundo biógrafos, a mediunidade de Chico teria se manifestado pela primeira vez aos quatro anos de idade, quando ele respondeu ao pai sobre Ciências, durante conversa com uma senhora sobre gravidez. Ele dizia ver e ouvir os espíritos e conversava com eles. Os abusos da madrinha A mãe faleceu quando Francisco tinha apenas cinco anos de idade. Incapaz de criá-los, o pai distribuiu os nove filhos entre a parentela. Nos dois anos seguintes, Francisco foi criado pela madrinha e antiga amiga de sua mãe, Rita de Cássia, que logo se mostrou uma pessoa cruel, vestindo-o de menina e batendo-lhe diariamente, inicialmente por qualquer pretexto e, mais tarde, sob a alegação de que o "menino tinha o diabo no corpo". FICHA TÉCNICA Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

54 MINSEP 16
Comments
#71: Chico Xavier

#69: Adolfo Bezerra de Menezes

NASCIMENTO E FAMÍLIA Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti nasceu em 29 de agosto de 1831 na fazenda Santa Bárbara, no lugar chamado Riacho das Pedras, município cearense de Riacho do Sangue, hoje Jaguaretama, estado do Ceará. ESTUDO Desde estudante, o itinerário de Bezerra de Menezes foi muito significativo. Em 1838, no interior do Ceará, conheceu as primeiras letras, em escola da Vila do Frade, estando à altura do saber de seu mestre em 10 meses. Já na Serra dos Martins, no Rio Grande do Norte, ( ....)aprendeu latim em dois anos, a ponto de substituir o professor. Em 1846, já em Fortaleza, sob as vistas do irmão mais velho, o Dr. Manoel Soares da Silva Bezerra, conceituado intelectual e líder católico, efetuou os estudos preparatórios, destacando-se entre os primeiros alunos do tradicional Liceu do Ceará. Bezerra queria tornar-se médico, mas o pai, que enfrentava dificuldades financeiras, não podia custear-lhe os estudos. Em 1851, aos 19 anos, tomou ele a iniciativa de ir para o Rio de Janeiro, a então capital do Império, a fim de cursar medicina, levando consigo a importância de 400 mil réis, que os parentes lhe deram para ajudar na viagem. No Rio de Janeiro, ingressou, em 1852, como praticante interno no Hospital da Santa Casa de Misericórdia. Para poder estudar, dava aula de filosofia e matemática. Doutorou-se em 1856 pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Em março de 1857, solicitou sua admissão no Corpo de Saúde do Exército, sentando praça em 20 de fevereiro de 1858, como cirurgião tenente. Ainda em 1857, candidatou-se ao quadro dos membros titulares da Academia Imperial de Medicina com a memória "Algumas considerações sobre o cancro, encarado pelo lado do seu tratamento", sendo empossado em sessão de 1o de junho. Nesse mesmo ano, passou a colaborar na "Revista da Sociedade Físico-Química". Fonte: Texto incluído nas obras que integram a Coleção Bezerra de Menezes, publicada pela FEB. FICHA TÉCNICA Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

73 MINSEP 1
Comments
#69: Adolfo Bezerra de Menezes

#68: Depressão, Raiva e Ressentimento

TEMA: DEPRESSÃO, RAIVA E RESSENTIMENTO Depressão, Raiva e Ressentimento “Eu, porém, vos digo que todo aquele que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento.” Jesus (Mateus, 5:22). O que é Depressão • É uma tristeza profunda e prolongada.[...] abatimento moral ou físico, letargia. (Isaías Claro, Depressão: causas, consequências e tratamento, 18. ed., p. 25). • É a tristeza indevida que se transfigurou em desânimo, obscurecendo na criatura o valor do trabalho. Entrevista com Chico Xavier (Múcio de Mello Álvares, Revista Espírita, ano X, no 37). Depressão através dos tempos • “Na Grécia antiga, punição dos deuses, aos seres humanos • No século IV a.C., referências feitas por Hipócrates. • No século II a.C. Galeno, os quatro humores. • A Bíblia, especialmente no Livro de Jó, dentre outros, nos apresenta vários exemplos desse distúrbio que ora aflige incontável número de criaturas terrestres.” (Manoel P. de Miranda, Tormentos da obsessão, 2. ed., p. 273‐285). Incidência e graus da depressão • "A incidência do distúrbio depressivo apresenta‐se quantitativamente maior no sexo feminino."(Manoel P. de Miranda, Tormentos da obsessão, 2. ed., p. 282). • "A depressão perdura por semanas, meses ou até anos, se não tratada convenientemente". (Isaías Claro, Depressão: causas, consequências e tratamento, 18. ed., p. 27). Causas e consequências da depressão • O próprio depressivo • Imaturidade psicológica • Comportamento materialista • Causas psicossociais • Causas psicoafetivas • Causas socioeconômicas • Enfermidades orgânicas • Substâncias entorpecentes • Psicológicas/espirituais • Enfermidades orgânicas, • Suicídio • Tragédias várias. (Isaías Claro, Depressão: causas, consequências e tratamento, 18. ed., p. 63 - 109). A contribuição do Espiritismo • Quem somos? • Donde viemos? • Onde a estação de nossos destinos? • "A missão do Espiritismo, tanto quanto o ministério do Cristianismo, não será destruir as escolas da fé, até agora existentes."(Emmanuel, Roteiro, 6. ed., p. 159-161). • "Deve ‐ se considerar que na Terra não está a humanidade toda, mas apenas uma pequena fração da humanidade." (Allan Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo, 111. ed., cap. III, item 6). • “Que vos direi dos mundos de expiações que já não saibais, pois basta observeis o em que habitais?" (Allan Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo, 111. ed., cap. III, item 13). "O Espiritismo é, acima de tudo, o processo libertador das consciências, a fim de que a visão do homem alcance horizontes mais altos." (Emmanuel, Roteiro, 6. ed., p. 159‐ 161). Depressão e raiva • “A cólera é punida por suas consequências. Ao mal segue-se o mal.” (André Luiz, Os mensageiros, 38. ed., p. 41). • “Em suma, a cólera não exclui certas qualidades do coração, mas impede se faça muito bem e pode levar à prática de muito mal.” (Allan Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo, 111. ed., cap. IX, item 9). Depressão e ressentimento “A depressão é semelhante a noite inopinada em pleno dia. É nuvem ameaçadora que tolda o sol. É tóxico que envenena lentamente as mais belas florações do ser. O ressentimento é parecido a mofo que faz apodrecer o sustentáculo onde se apóia.” (Joanna de Ângelis, Desperte e seja feliz, 7. ed., p. 54). Tratamento da depressão • Centro Espírita bendita escola da alma; Jesus ‐ terapeuta por excelência; Obediência e resignação; Paciência; Ser misericordioso. Jesus “Vinde a mim, todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei comigo que sou brando e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo”. (Mateus, 11:28-30).

68 MINAUG 25
Comments
#68: Depressão, Raiva e Ressentimento

#67: Importância do Estudo

Quais os benefícios que o estudo traz para a humanidade? O que vou estudar nos cursos? Qual o objetivo de estudar a doutrina espírita? Como posso matricular nos estudos da doutrina espírita? Quem pode participar? Tenho que pagar pra fazer este curso e como é a metodologia deste curso sobre Espiritismo? Em que vai me ajudar o estudo da Doutrina Espírita ESPIRITISMO EXPLICANDO Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Justiça Divina. Lição nº 05. Página 25. Indagavas quanto ao Grande Porvir. A Doutrina Espírita sossegou-te as ânsias, explicando que te encontras provisoriamente no mundo, a serviço do próprio burilamento, para a imortalidade vitoriosa. Perguntavas sobre os amargos desajustes entre corpo e alma, quando a enfermidade ou a mutilação aparece. A Doutrina Espírita asserenou-te a aflitiva contenda íntima, explicando que a individualidade eterna se utiliza, temporariamente, de um corpo imperfeito, como alguém que se vale de instrumento determinado para determinada tarefa de corrigenda a si mesmo. Inquirias com respeito à finalidade dos problemas domésticos. A Doutrina Espírita harmonizou-te o pensamento, explicando que o Lar é Instituto de regeneração e de amor, onde retomas a convivência dos amigos e desafetos das existências passadas, para a construção do futuro melhor. Interrogavas em torno dos entes amados, além do túmulo. A Doutrina Espírita dissipou-te as dúvidas, explicando que o sepulcro não é o fim, tanto quanto o berço não é o princípio, e que toda criatura, ao desenfaixar-se dos laços físicos, prossegue na marcha de aprimoramento e ascensão, do ponto evolutivo em que se achava na Terra. Interpelavas o campo religioso, acerca da Justiça Divina. A Doutrina Espírita suprimiu-te a inquietação, explicando que Deus não concede privilégios e que, em qualquer estância do Universo, a alma recebe, inelutavelmente, da vida o bem ou o mal que dá de si própria. Torturavas a mente, qual se devesses respirar em cárcere de mistério, toda vez que cogitavas das questões transcendentes da Fé. A Doutrina Espírita acalmou-te, explicando que ninguém pode violentar os outros, em matéria de crença, acentuando, porém, que toda fé, para nutrir-se de luz, deve ser raciocinada, em bases de lógica, porquanto, diante das Leis Divinas, cada consciência é responsável pelos próprios destinos. É necessário valorizar a Doutrina que, generosamente, nos valoriza. Sustentar-lhe a integridade e a pureza, perante Jesus que a chancela, é procurar o nosso aperfeiçoamento e trabalhar por nossa união. A Importância do Estudo Com o passar do tempo, a urgência de se organizar um estudo metódico do Espiritismo foi-se impondo, notadamente no Brasil, à medida que se ia intensificando a procura do público pelas Casas Espíritas. Esse afluxo crescente de pessoas em busca da informação doutrinária, causado, em grande parte, pela ampla divulgação do Espiritismo, passou a preocupar os líderes do Movimento Espírita. Tornava-se necessário proporcionar aos freqüentadores do Centro Espírita a oportunidade de estudarem o Espiritismo de forma sistematizada. Um programa de estudo sistematizado da Doutrina Espírita, sem nenhum demérito para todas as nobres tentativas que têm sido feitas ao longo dos anos é o programa da atualidade sob a inspiração do Cristo. FICHA TÉCNICA O “Fraternidade em Ação – Navegando em Tom Maior” é uma produção realizada pelo “Centro Espírita Caridade é o Caminho” que leva você a vibrar pelas ondas do bem. Todo domingo, a partir das 9h, na Rádio Sagres 730, de Goiânia, você acompanha uma edição inédita. Ficha Técnica: Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

62 MINAUG 18
Comments
#67: Importância do Estudo

#66: Importância do Dia dos Pais

582. Pode-se considerar como missão a paternidade? “É, sem contestação possível, uma verdadeira missão. É ao mesmo tempo grandíssimo dever e que envolve, mais do que o pensa o homem, a sua responsabilidade quanto ao futuro. Deus colocou o filho sob a tutela dos pais, a fim de que estes o dirijam pela senda do bem, [...]” Muitos há, no entanto, que mais cuidam de aprumar as árvores do seu jar- dim e de fazê-las dar bons frutos em abundância, do que de formar o caráter de seu filho. Se este vier a sucumbir por culpa deles, suportarão os desgostos resultantes dessa que- da e partilharão dos sofrimentos do filho na vida futura, por não terem feito o que lhes estava ao alcance para que ele avançasse na estrada do bem.” (Livro dos Espíritos perg. 582. FEB) febnet.org.br “O cargo de pai educador é de importância maior, colocado por Deus para a administração familiar ao lado da sagrada missão de mãe”. (Walter Barcelos. Arte Moral de Educar os Fi...

64 MINAUG 10
Comments
#66: Importância do Dia dos Pais

#65: Significado de Drogadicção

Significado de Drogadicção Dependência física e psicológica de drogas; vício. Consumo excessivo e insistente de drogas, de substâncias entorpecentes e alucinógenas, que causa dependência. O que é a adicção? A palavra adicção ou adicto segundo o dicionário Aurélio do século XXI vem do latim addictu, que é um adjetivo que significa: afeiçoado, dedicado, apegado, adjunto, adstrito, dependente ou escravo. Deste modo, é possível constatar que existem vários tipos de adicção, e não somente a drogadicção, que em geral é a mais comentada e estudada, especialmente nos grupos de NA (Narcóticos Anônimos). “(...)Dependente químico (ou adicto) é alguém que faz uso de drogas constantemente para aliviar tensões, medos, ansiedades, sensações físicas desagradáveis… São conduzidos a dependerem das drogas chamadas ilícitas (cujo comércio é proibido por lei) maconha, cocaína, crack, etc., ou as lícitas (comercio liberado por lei) como o cigarro, o álcool e remédios sem nenhuma orientação médica. A OMS (Organização Mundial da Saúde) reconhece as dependências químicas como doenças, não somente como problemas morais. O tratamento é longo, um dia de cada vez. E, para vencer é necessário ter pensamento firme, acreditar que vai sair dessa dependência. Buscar toda ajuda possível sem acreditar em milagres. Toda mudança de conduta de dependentes e familiares é muito importante para que consiga vencer a viciação. A vigilância diária é necessária, por isso “um dia de cada vez”. Para lidar com a abstinência, o dependente deve procurar ocupar-se com práticas esportivas, trabalhos edificantes, etc…. Ocupar sua mente com boas leituras, evitar toda ociosidade para que não tenha tempo de cometer sérios deslizes. O uso indevido de medicamentos e sentimentos inferiores, poderão levar o indivíduo a dependências químicas com graves consequências futuras! Amar-se e amar ao próximo como a si mesmo, deve ser um lema a ser seguido. E, quem tem amor à vida, que o Pai amantíssimo lhe deu, cuida para que seu espírito e seu corpo físico sejam respeitados. Muita paz a todos!” Uma das maneiras preventivas, e muito eficiente para evitar os vícios, é a leitura, o estudo, o entendimento, o respeito e a obediência a Deus. A Doutrina Espírita explica a respeito das Leis Divinas. Por exemplo, na questão 702, de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec pergunta ao Espírito da Verdade se o instinto de conservação é uma lei natural, e Ele responde que sim, pois é dado a todos os seres vivos para que mantenha o corpo em bom estado. Sendo assim, como se trata de uma Lei de Deus, tem que ser respeitada e rigorosamente obedecida, ou seja, o corpo físico deve – ou pelo menos deveria – receber os melhores cuidados, mas, infelizmente isso nem sempre acontece. FICHA TÉCNICA O “Fraternidade em Ação – Navegando em Tom Maior” é uma produção realizada pelo “Centro Espírita Caridade é o Caminho” que leva você a vibrar pelas ondas do bem. Todo domingo, a partir das 9h, na Rádio Sagres 730, de Goiânia, você acompanha uma edição inédita. Ficha Técnica: Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

66 MINJUL 28
Comments
#65: Significado de Drogadicção

Latest Episodes

#75: Quem é a Criança?

Quem é a Criança? Qual melhor forma de educarmos as crianças pelo exemplo ou pelo estudo? Qual o trabalho do evangelizador junto a criança? Qual a importância da criança na evolução do planeta? Crianças Livro Fonte Viva Pelo Espírito Emmanuel Médium Francisco Cândido Xavier . Capítulo 157. "Vede, não desprezeis alguns destes pequeninos..." Jesus (Mateus, 18:10) Quando Jesus nos recomendou não desprezar os pequeninos, esperava de nós não somente medidas providenciais alusivas ao pão e à vestimenta. Não basta alimentar minúsculas bocas famintas ou agasalhar corpinhos enregelados. É imprescindível o abrigo moral que assegure ao espírito renascente o clima de trabalho necessário à sua sublimação. Muitos pais garantem o conforto material dos filhinhos, mas lhes relegam a alma a lamentável abandono. A .vadiagem na rua fabrica delinqüentes que acabam situados no cárcere ou no hospício, mas o relaxamento espiritual no reduto doméstico gera demônios sociais de perversidade e loucura que em muitas ocasiões, amparados pelo dinheiro ou pelos postos de evidência, atravessam largas faixas do século, espalhando miséria e sofrimento, sombra e ruína, com deplorável impunidade à frente da justiça terrestre. Não desprezes, pois, a criança, entregando-a aos impulsos da natureza animalizada. Recorda que todos nos achamos em processo de educação e reeducação, diante do Divino Mestre. O prato de refeição é importante no desenvolvimento da criatura, todavia, não podemos esquecer "que nem só de pão vive o homem". Lembremo-nos da nutrição espiritual dos meninos, através de nossas atitudes e exemplos, avisos e correções, em tempo oportuno, de vez que desamparar moralmente a criança, nas tarefas de hoje, será condená-la ao menosprezo de si mesma, nos serviços de que se responsabilizará amanhã. A Criança Espírito Batuíra Médium Francisco Cândido Xavier da obra Despertador - Junho/Julho de 1976. Se nos propomos a edificar o futuro com o Cristo de Deus é necessário auxiliar a criança. Se desejamos solucionar os problemas do mundo, de maneira definitiva, é indispensável ajudar a criança. Se buscamos sustentar a dignidade humana, abolindo a perturbação e imunizando o povo contra as calamidades da delinqüência, é preciso proteger a criança. Se anelamos a construção da Era Nova, na qual as criaturas entrelacem as mãos na verdadeira fraternidade, em bases de serviço e sublimação espiritual, é imprescindível socorrer a criança. Entretanto, convenhamos que os grandes malfeitores da Terra, os fazedores de guerras e os verdugos das nações, via-de-regra foram crianças primorosamente resguardadas contra quaisquer provações na infância. E ainda hoje os jovens transviados habitualmente procedem de climas domésticos em que a abastança material não lhes proporcionou ensejo a qualquer disciplina pelo conforto excessivo. Urge, pois, não amparar a criança, mas educar a criança e induzi-la ao esforço de construção do Mundo Melhor. FICHA TÉCNICA Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

59 MIN4 days ago
Comments
#75: Quem é a Criança?

#74: Allan Kardec

Allan Kardec Nascido em Lyon, a 3 de outubro de 1804, de uma família antiga que se distinguiu na magistratura e na advocacia, Allan Kardec (Hippolyte Léon Denizard Rivail) não seguiu essas carreiras. Desde a primeira juventude, sentiu-se inclinado ao estudo das ciências e da filosofia.

63 MIN1 weeks ago
Comments
#74: Allan Kardec

#73: Campanha Camilo Castelo Branco

Setembro Amarelo Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. É uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque internacionalmente o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.[1] Dados sobre o suicídio No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer.[1] Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade.[4] A OMS também afirma que o suicídio tem prevenção em 90 % dos casos. Um estudo brasileiro afirma que 97% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais, diagnosticados ou não, tratados incorretamente ou não tratados de maneira alguma.[5] Origem da cor amarela Segundo a Associação Catarinense de Psiquiatria, a cor da campanha foi adotada por causa da história que a inspirou. "Em 1994, um jovem americano de apenas 17 anos, chamado Mike Emme, tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Seus amigos e familiares distribuíram no funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem enfrentando o mesmo desespero de Mike, e a mensagem foi se espelhando mundo afora."[6] O carro era um Mustang 68, restaurado e pintado pelo próprio Mike. Os pais de Mike, Dale Emme e Darlene Emme, iniciaram a campanha do programa de prevenção do suicídio "fita amarela", ou "yellow ribbon, em inglês.[7] Alguns mitos sobre o suicídio Segundo o psicólogo paulista Yuri Busin:[9] • “As pessoas, que, ameaçam se matar, estão apenas querendo chamar a atenção”. Falso, pois a pessoa pode sim estar passando por um período difícil de sua vida e estar solicitando ajuda. Toda e qualquer ameaça a de suicídio deve ser levada a sério. • “O suicídio acontece sem aviso”. Falso. Apesar de muitos pensarem ser um ato impulsivo, isso nem sempre é verdade. Muitas pessoas pensam em suicídio constantemente. Além disso, muitos suicidas comunicam seu sofrimento diariamente a outras pessoas. • “O suicídio só acontece com os outros.” Falso. O suicídio pode ocorrer com quaisquer pessoas que estejam em um alto grau de sofrimento. Aqui vale lembrar que o sofrimento independe de dinheiro, classe social, etc… • “Uma pessoa que tentou cometer suicídio uma vez, não voltará a tentar.” Falso. Na verdade, as tentativas de suicídio são um um indicador de que o suicídio pode realmente ocorrer.

62 MIN2 weeks ago
Comments
#73: Campanha Camilo Castelo Branco

#72: Conheça o Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS)

Conheça o Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS) O Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS) é um evento espírita que proporciona aos seus participantes a troca de experiências, estudo da Doutrina Espírita e trabalho no campo do bem. Este evento ocorre geralmente nos fins de semana e é realizado por várias Casas Espíritas espalhadas pelo Brasil. Por que participar O Encontro Fraterno Auta de Souza é uma excelente oportunidade para formação de trabalhadores para a Casa Espírita. Os cursos são teóricos e práticos e abordam o dia a dia do Centro Espírita. Formação e implantação de trabalhos - Mocidade - Escola Espírita - Divulgação Espírita - Tratamento Espiritual - Reunião Pública - Posto de Assistência - Evangelização Infantil - Desenvolvimento Mediúnico - Campanha de Esclarecimento - Chico Xavier - Campanha de Fraternidade Auta de Souza - Cursos na Casa Espírita - Reforma Íntima - Comunicação Social 1106 participantes 75 instituições 45 cidades 2 pa...

60 MIN3 weeks ago
Comments
#72: Conheça o Encontro Fraterno Auta de Souza (EFAS)

#71: Chico Xavier

Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier (Pedro Leopoldo, 2 de abril de 1910 — Uberaba, 30 de junho de 2002), foi um médium, filantropo e um dos mais importantes expoentes do Espiritismo. Primeira infância Nascido no seio de uma família humilde, era filho de João Cândido Xavier, um modesto vendedor de bilhetes de loteria, e de Maria João de Deus, uma dona de casa católica e piedosa. Segundo biógrafos, a mediunidade de Chico teria se manifestado pela primeira vez aos quatro anos de idade, quando ele respondeu ao pai sobre Ciências, durante conversa com uma senhora sobre gravidez. Ele dizia ver e ouvir os espíritos e conversava com eles. Os abusos da madrinha A mãe faleceu quando Francisco tinha apenas cinco anos de idade. Incapaz de criá-los, o pai distribuiu os nove filhos entre a parentela. Nos dois anos seguintes, Francisco foi criado pela madrinha e antiga amiga de sua mãe, Rita de Cássia, que logo se mostrou uma pessoa cruel, vestindo-o de menina e batendo-lhe diariamente, inicialmente por qualquer pretexto e, mais tarde, sob a alegação de que o "menino tinha o diabo no corpo". FICHA TÉCNICA Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

54 MINSEP 16
Comments
#71: Chico Xavier

#69: Adolfo Bezerra de Menezes

NASCIMENTO E FAMÍLIA Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti nasceu em 29 de agosto de 1831 na fazenda Santa Bárbara, no lugar chamado Riacho das Pedras, município cearense de Riacho do Sangue, hoje Jaguaretama, estado do Ceará. ESTUDO Desde estudante, o itinerário de Bezerra de Menezes foi muito significativo. Em 1838, no interior do Ceará, conheceu as primeiras letras, em escola da Vila do Frade, estando à altura do saber de seu mestre em 10 meses. Já na Serra dos Martins, no Rio Grande do Norte, ( ....)aprendeu latim em dois anos, a ponto de substituir o professor. Em 1846, já em Fortaleza, sob as vistas do irmão mais velho, o Dr. Manoel Soares da Silva Bezerra, conceituado intelectual e líder católico, efetuou os estudos preparatórios, destacando-se entre os primeiros alunos do tradicional Liceu do Ceará. Bezerra queria tornar-se médico, mas o pai, que enfrentava dificuldades financeiras, não podia custear-lhe os estudos. Em 1851, aos 19 anos, tomou ele a iniciativa de ir para o Rio de Janeiro, a então capital do Império, a fim de cursar medicina, levando consigo a importância de 400 mil réis, que os parentes lhe deram para ajudar na viagem. No Rio de Janeiro, ingressou, em 1852, como praticante interno no Hospital da Santa Casa de Misericórdia. Para poder estudar, dava aula de filosofia e matemática. Doutorou-se em 1856 pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Em março de 1857, solicitou sua admissão no Corpo de Saúde do Exército, sentando praça em 20 de fevereiro de 1858, como cirurgião tenente. Ainda em 1857, candidatou-se ao quadro dos membros titulares da Academia Imperial de Medicina com a memória "Algumas considerações sobre o cancro, encarado pelo lado do seu tratamento", sendo empossado em sessão de 1o de junho. Nesse mesmo ano, passou a colaborar na "Revista da Sociedade Físico-Química". Fonte: Texto incluído nas obras que integram a Coleção Bezerra de Menezes, publicada pela FEB. FICHA TÉCNICA Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

73 MINSEP 1
Comments
#69: Adolfo Bezerra de Menezes

#68: Depressão, Raiva e Ressentimento

TEMA: DEPRESSÃO, RAIVA E RESSENTIMENTO Depressão, Raiva e Ressentimento “Eu, porém, vos digo que todo aquele que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento.” Jesus (Mateus, 5:22). O que é Depressão • É uma tristeza profunda e prolongada.[...] abatimento moral ou físico, letargia. (Isaías Claro, Depressão: causas, consequências e tratamento, 18. ed., p. 25). • É a tristeza indevida que se transfigurou em desânimo, obscurecendo na criatura o valor do trabalho. Entrevista com Chico Xavier (Múcio de Mello Álvares, Revista Espírita, ano X, no 37). Depressão através dos tempos • “Na Grécia antiga, punição dos deuses, aos seres humanos • No século IV a.C., referências feitas por Hipócrates. • No século II a.C. Galeno, os quatro humores. • A Bíblia, especialmente no Livro de Jó, dentre outros, nos apresenta vários exemplos desse distúrbio que ora aflige incontável número de criaturas terrestres.” (Manoel P. de Miranda, Tormentos da obsessão, 2. ed., p. 273‐285). Incidência e graus da depressão • "A incidência do distúrbio depressivo apresenta‐se quantitativamente maior no sexo feminino."(Manoel P. de Miranda, Tormentos da obsessão, 2. ed., p. 282). • "A depressão perdura por semanas, meses ou até anos, se não tratada convenientemente". (Isaías Claro, Depressão: causas, consequências e tratamento, 18. ed., p. 27). Causas e consequências da depressão • O próprio depressivo • Imaturidade psicológica • Comportamento materialista • Causas psicossociais • Causas psicoafetivas • Causas socioeconômicas • Enfermidades orgânicas • Substâncias entorpecentes • Psicológicas/espirituais • Enfermidades orgânicas, • Suicídio • Tragédias várias. (Isaías Claro, Depressão: causas, consequências e tratamento, 18. ed., p. 63 - 109). A contribuição do Espiritismo • Quem somos? • Donde viemos? • Onde a estação de nossos destinos? • "A missão do Espiritismo, tanto quanto o ministério do Cristianismo, não será destruir as escolas da fé, até agora existentes."(Emmanuel, Roteiro, 6. ed., p. 159-161). • "Deve ‐ se considerar que na Terra não está a humanidade toda, mas apenas uma pequena fração da humanidade." (Allan Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo, 111. ed., cap. III, item 6). • “Que vos direi dos mundos de expiações que já não saibais, pois basta observeis o em que habitais?" (Allan Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo, 111. ed., cap. III, item 13). "O Espiritismo é, acima de tudo, o processo libertador das consciências, a fim de que a visão do homem alcance horizontes mais altos." (Emmanuel, Roteiro, 6. ed., p. 159‐ 161). Depressão e raiva • “A cólera é punida por suas consequências. Ao mal segue-se o mal.” (André Luiz, Os mensageiros, 38. ed., p. 41). • “Em suma, a cólera não exclui certas qualidades do coração, mas impede se faça muito bem e pode levar à prática de muito mal.” (Allan Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo, 111. ed., cap. IX, item 9). Depressão e ressentimento “A depressão é semelhante a noite inopinada em pleno dia. É nuvem ameaçadora que tolda o sol. É tóxico que envenena lentamente as mais belas florações do ser. O ressentimento é parecido a mofo que faz apodrecer o sustentáculo onde se apóia.” (Joanna de Ângelis, Desperte e seja feliz, 7. ed., p. 54). Tratamento da depressão • Centro Espírita bendita escola da alma; Jesus ‐ terapeuta por excelência; Obediência e resignação; Paciência; Ser misericordioso. Jesus “Vinde a mim, todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei comigo que sou brando e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo”. (Mateus, 11:28-30).

68 MINAUG 25
Comments
#68: Depressão, Raiva e Ressentimento

#67: Importância do Estudo

Quais os benefícios que o estudo traz para a humanidade? O que vou estudar nos cursos? Qual o objetivo de estudar a doutrina espírita? Como posso matricular nos estudos da doutrina espírita? Quem pode participar? Tenho que pagar pra fazer este curso e como é a metodologia deste curso sobre Espiritismo? Em que vai me ajudar o estudo da Doutrina Espírita ESPIRITISMO EXPLICANDO Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Justiça Divina. Lição nº 05. Página 25. Indagavas quanto ao Grande Porvir. A Doutrina Espírita sossegou-te as ânsias, explicando que te encontras provisoriamente no mundo, a serviço do próprio burilamento, para a imortalidade vitoriosa. Perguntavas sobre os amargos desajustes entre corpo e alma, quando a enfermidade ou a mutilação aparece. A Doutrina Espírita asserenou-te a aflitiva contenda íntima, explicando que a individualidade eterna se utiliza, temporariamente, de um corpo imperfeito, como alguém que se vale de instrumento determinado para determinada tarefa de corrigenda a si mesmo. Inquirias com respeito à finalidade dos problemas domésticos. A Doutrina Espírita harmonizou-te o pensamento, explicando que o Lar é Instituto de regeneração e de amor, onde retomas a convivência dos amigos e desafetos das existências passadas, para a construção do futuro melhor. Interrogavas em torno dos entes amados, além do túmulo. A Doutrina Espírita dissipou-te as dúvidas, explicando que o sepulcro não é o fim, tanto quanto o berço não é o princípio, e que toda criatura, ao desenfaixar-se dos laços físicos, prossegue na marcha de aprimoramento e ascensão, do ponto evolutivo em que se achava na Terra. Interpelavas o campo religioso, acerca da Justiça Divina. A Doutrina Espírita suprimiu-te a inquietação, explicando que Deus não concede privilégios e que, em qualquer estância do Universo, a alma recebe, inelutavelmente, da vida o bem ou o mal que dá de si própria. Torturavas a mente, qual se devesses respirar em cárcere de mistério, toda vez que cogitavas das questões transcendentes da Fé. A Doutrina Espírita acalmou-te, explicando que ninguém pode violentar os outros, em matéria de crença, acentuando, porém, que toda fé, para nutrir-se de luz, deve ser raciocinada, em bases de lógica, porquanto, diante das Leis Divinas, cada consciência é responsável pelos próprios destinos. É necessário valorizar a Doutrina que, generosamente, nos valoriza. Sustentar-lhe a integridade e a pureza, perante Jesus que a chancela, é procurar o nosso aperfeiçoamento e trabalhar por nossa união. A Importância do Estudo Com o passar do tempo, a urgência de se organizar um estudo metódico do Espiritismo foi-se impondo, notadamente no Brasil, à medida que se ia intensificando a procura do público pelas Casas Espíritas. Esse afluxo crescente de pessoas em busca da informação doutrinária, causado, em grande parte, pela ampla divulgação do Espiritismo, passou a preocupar os líderes do Movimento Espírita. Tornava-se necessário proporcionar aos freqüentadores do Centro Espírita a oportunidade de estudarem o Espiritismo de forma sistematizada. Um programa de estudo sistematizado da Doutrina Espírita, sem nenhum demérito para todas as nobres tentativas que têm sido feitas ao longo dos anos é o programa da atualidade sob a inspiração do Cristo. FICHA TÉCNICA O “Fraternidade em Ação – Navegando em Tom Maior” é uma produção realizada pelo “Centro Espírita Caridade é o Caminho” que leva você a vibrar pelas ondas do bem. Todo domingo, a partir das 9h, na Rádio Sagres 730, de Goiânia, você acompanha uma edição inédita. Ficha Técnica: Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

62 MINAUG 18
Comments
#67: Importância do Estudo

#66: Importância do Dia dos Pais

582. Pode-se considerar como missão a paternidade? “É, sem contestação possível, uma verdadeira missão. É ao mesmo tempo grandíssimo dever e que envolve, mais do que o pensa o homem, a sua responsabilidade quanto ao futuro. Deus colocou o filho sob a tutela dos pais, a fim de que estes o dirijam pela senda do bem, [...]” Muitos há, no entanto, que mais cuidam de aprumar as árvores do seu jar- dim e de fazê-las dar bons frutos em abundância, do que de formar o caráter de seu filho. Se este vier a sucumbir por culpa deles, suportarão os desgostos resultantes dessa que- da e partilharão dos sofrimentos do filho na vida futura, por não terem feito o que lhes estava ao alcance para que ele avançasse na estrada do bem.” (Livro dos Espíritos perg. 582. FEB) febnet.org.br “O cargo de pai educador é de importância maior, colocado por Deus para a administração familiar ao lado da sagrada missão de mãe”. (Walter Barcelos. Arte Moral de Educar os Fi...

64 MINAUG 10
Comments
#66: Importância do Dia dos Pais

#65: Significado de Drogadicção

Significado de Drogadicção Dependência física e psicológica de drogas; vício. Consumo excessivo e insistente de drogas, de substâncias entorpecentes e alucinógenas, que causa dependência. O que é a adicção? A palavra adicção ou adicto segundo o dicionário Aurélio do século XXI vem do latim addictu, que é um adjetivo que significa: afeiçoado, dedicado, apegado, adjunto, adstrito, dependente ou escravo. Deste modo, é possível constatar que existem vários tipos de adicção, e não somente a drogadicção, que em geral é a mais comentada e estudada, especialmente nos grupos de NA (Narcóticos Anônimos). “(...)Dependente químico (ou adicto) é alguém que faz uso de drogas constantemente para aliviar tensões, medos, ansiedades, sensações físicas desagradáveis… São conduzidos a dependerem das drogas chamadas ilícitas (cujo comércio é proibido por lei) maconha, cocaína, crack, etc., ou as lícitas (comercio liberado por lei) como o cigarro, o álcool e remédios sem nenhuma orientação médica. A OMS (Organização Mundial da Saúde) reconhece as dependências químicas como doenças, não somente como problemas morais. O tratamento é longo, um dia de cada vez. E, para vencer é necessário ter pensamento firme, acreditar que vai sair dessa dependência. Buscar toda ajuda possível sem acreditar em milagres. Toda mudança de conduta de dependentes e familiares é muito importante para que consiga vencer a viciação. A vigilância diária é necessária, por isso “um dia de cada vez”. Para lidar com a abstinência, o dependente deve procurar ocupar-se com práticas esportivas, trabalhos edificantes, etc…. Ocupar sua mente com boas leituras, evitar toda ociosidade para que não tenha tempo de cometer sérios deslizes. O uso indevido de medicamentos e sentimentos inferiores, poderão levar o indivíduo a dependências químicas com graves consequências futuras! Amar-se e amar ao próximo como a si mesmo, deve ser um lema a ser seguido. E, quem tem amor à vida, que o Pai amantíssimo lhe deu, cuida para que seu espírito e seu corpo físico sejam respeitados. Muita paz a todos!” Uma das maneiras preventivas, e muito eficiente para evitar os vícios, é a leitura, o estudo, o entendimento, o respeito e a obediência a Deus. A Doutrina Espírita explica a respeito das Leis Divinas. Por exemplo, na questão 702, de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec pergunta ao Espírito da Verdade se o instinto de conservação é uma lei natural, e Ele responde que sim, pois é dado a todos os seres vivos para que mantenha o corpo em bom estado. Sendo assim, como se trata de uma Lei de Deus, tem que ser respeitada e rigorosamente obedecida, ou seja, o corpo físico deve – ou pelo menos deveria – receber os melhores cuidados, mas, infelizmente isso nem sempre acontece. FICHA TÉCNICA O “Fraternidade em Ação – Navegando em Tom Maior” é uma produção realizada pelo “Centro Espírita Caridade é o Caminho” que leva você a vibrar pelas ondas do bem. Todo domingo, a partir das 9h, na Rádio Sagres 730, de Goiânia, você acompanha uma edição inédita. Ficha Técnica: Apresentação: Sebastião Ribeiro Djalma Freitas Jonatas Procópio Trabalhos Técnicos: Roberval Silva Realização: Rádio Sagres 730

66 MINJUL 28
Comments
#65: Significado de Drogadicção