Himalaya: Listen. Learn. Grow.

4.8K Ratings
Open In App
title

Momento Tecnologia - USP

Jornal da USP

Followers
Plays
Momento Tecnologia - USP
9 minAUG 4
Play Episode
Comments
title

Details

Para auxiliar pessoas com sintomas brandos de covid-19, que temem procurar estabelecimentos de saúde em meio à pandemia, foi desenvolvida na Escola Politécnica (Poli) da USP, em conjunto com a startup Health.inn, um projeto de telemedicina para triagem de pacientes com suspeita da doença. Marcos Ribeiro Pereira Barretto, professor da Poli e coordenador do projeto, explica a ideia:
“A gente está trabalhando com teleconsulta, que é justamente ter uma consulta via telemóvel, e telemonitoramento. Então, a gente, junto aos amigos da poli, aprovou a compra de alguns kits de equipamentos, oxímetro, medidor de pressão arterial, medidor de temperatura para fazer o acompanhamento de pessoas com alguma suspeita de infecção pela covid-19.”
A telemedicina não é exatamente uma novidade. Há alguns anos ela já é indicada pela Organização Mundial da Saúde para casos em que a distância é um fator crítico para a oferta de serviços ligados à saúde. Mas a gravidade da pandemia levou o governo brasileiro a publicar a Portaria nº 467, que incentiva uma maior utilização de certas modalidades de telemedicina no País.
A possibilidade de aplicação desse tipo de projeto — como aponta Paulo Mazzoncini de Azevedo Marques, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto — se amplia em uma situação como a atual de pandemia. “Porque a gente está em isolamento social, a ida de uma pessoa ao centro de referência de saúde pode implicar numa possível chance maior de contaminação. Então você tem de fazer a assistência da saúde por um teleatendimento, seja com um pré-clínico, seja definir se aquele paciente precisa ou não buscar o atendimento mais específico de um médico”, diz o especialista ao Momento Tecnologia.
Antes da publicação dessa portaria, a legislação relativa à telemedicina encontrava dificuldades em avançar no Brasil. Somente a necessidade de evitar que as pessoas visitem locais que propiciem contaminação foi capaz facilitar tal tramitação. Agora, com a lei a seu favor, projetos como o da Poli podem amparar pessoas com sintomas leves e indicar a necessidade ou não de comparecimento a um estabelecimento de saúde.

Momento TecnologiaEdição de roteiro: Denis PachecoEdição de som:  Guilherme FioriEdição geral: Cinderela CaldeiraE-mail: ouvinte@usp.brHorário: Quinzenalmente, terças-feiras, às 8h05
O Momento Tecnologia vai ao ar na Rádio USP, quinzenalmente, segundas-feiras, às 8h05 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast  Veja todos os episódios do Momento Tecnologia